Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \23\UTC 2009

Palestra mostrará ferramentas de
comunicação acessíveis a todos

 A Casa da Notícia fará palestra

no Sebrae de Mogi das Cruzes sobre mídias sociais.
 
 A palestra Casa 2ponto0 e mais: Comunicação acessível a todos, promovido pela Casa da Notícia, com apoio do escritório regional do Sebrae de Mogi das Cruzes, abordará a comunicação 2.0, as ferramentas disponíveis e como pequenas e médias empresas podem se beneficiar deste novo contexto.

O evento, que ocorrerá no próximo dia 20 de outubro, no SEBRAE-SP – ER Alto Tietê, na Vila Lavínia, terá palestra de Nereu Leme, fundador da Casa da Notícia de São Paulo, e apresentará casos de sucesso de pequenas empresas.

A gerente regional da Casa da Notícia em Mogi das Cruzes, Vanessa Xavier acredita que os participantes serão levados a usar as novas ferramentas como ação estratégica:

“As novas mídias possibilitam que empresas, instituições e pessoas físicas fiquem mais próximas de seus públicos-alvo por um custo muito acessível”, explica a gerente.

Destinado a empreendedores de todos os setores e a profissionais das áreas de comunicação, marketing, recursos humanos e comercial, a palestra também tratará das mídias tradicionais como forma de comparar os efeitos.

Anúncios

Read Full Post »

Pós-Crise

Apatia ou efeito avestruz

Empreendedor é aquele que aprende com os erros e não desiste de seus objetivos. Dizemos que é quem tem “formiga no traseiro” e nunca fica parado, apático!

Quem ficou agradavelmente inerte, sem esboçar qualquer reação à crise, sucumbiu entre seus próprios escombros. Nada acontece sob o efeito da apatia ou escondendo a cabeça no primeiro buraco.

Quem não reagiu e ainda assim sobreviveu, tem tempo para correr atrás do prejuízo.

Façamos! Deve ser a conjugação da vez.

Quando olho uma equipe (serve para empresas e times de futebol) silenciosa, languidamente instalada em suas mesas reluzentes, começo a tremer de medo.

Alguns profissionais acreditam que criar, ter novas idéias, inventar é coisa de cientistas e inventores. Para esses, executivo só deve executar. Quem tem a obrigação de definir rumos e planos da empresa é o dirigente, imaginam.

Ao funcionário caberia, então, obedecer a ordens, como um carneirinho a caminho do matadouro? Claro que não!

No mundo moderno da comunicação imediata; das novas e admiráveis tecnologias que permitem, e exigem, ações rápidas; da globalização que faz o mundo girar em alta rotação, as empresas precisam se reinventar a cada dia. E comunicar suas conquistas e inovações.

Os instrumentos agora são inúmeros – mídia convencional, mídia social e o que for possível inventar.

Já temos algumas formatações como blog, twitter, youtube e todos esses nomes que a maioria conhece. Muitos já ouviram falar, conhecem, mas nem todos utilizam. Quem não é do ramo da comunicação pode ter dificuldades em usar essa parafernália. Mesmo para esses, já existem os personal tecnológico.

Quem quer faz ou procura as soluções. Está na hora – mais do que nunca – das empresas, empregados e empregadores botarem a mão na massa e sair realizando, usando a criatividade, inventando e mostrando que a sua empresa existe para oferecer soluções e melhor qualidade de vida para seus clientes.

Sob o risco de perder o que lhe restou neste pós-crise!

Nereu Leme
nereu@casadanoticia.com.br

 

artigo_efeito_avestruz

Read Full Post »

Otimismo marca reunião do conselho de 

desenvolvimento econômico e social

 “O Brasil precisa avançar no mercado externo depois de vencer a crise”, disse o presidente da república, Luis Inácio Lula da Silva, durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, ocorrida ontem (15/9), em Brasília. Otimista, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou: “Esta é a hora para que os empresários invistam no País”.

A previsão do governo é que o PIB cresça cerca de 5% em 2010. José Carlos de Oliveira Lima, presidente do Sinaprocim/Sinprocim, vice-presidente da Fiesp e diretor-titular do Departamento da Indústria da Construção acredita que a construção pode contribuir muito na retomada da economia. “As características da construção civil, que é a grande empregadora e utiliza grande soma de insumos, aliada ao empreendedorismo de seus empresários, marcam a proatividade dessa indústria”, explica.

Segundo o executivo, se confirmadas as previsões de crescimento do PIB, a cadeia produtiva deverá aumentar mais de 10% no próximo ano. “Esse é um comportamento histórico da construção, que sempre cresce o dobro do PIB”, afirmou o presidente do Sinaprocim/Sinprocim e vice-presidente da Fiesp.

Logo após a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Oliveira Lima informou que a construção civil é o melhor instrumento para fazer o Brasil crescer: “O governo percebeu isso quando desonerou os produtos da construção, com a redução do IPI, ampliou a oferta de crédito com juros compatíveis, e criou o PAC e o programa Minha Casa, Minha Vida, atendendo apelos da iniciativa privada, como as recomendações do 7º Construbusiness, realizado o ano passado, na Fiesp”.

Afirmou também que o setor da construção está preparado para atender a demanda, pois investiu em modernização e treinamento de mão-de-obra. Mas, advertiu que para o setor continuar crescendo e ajudar o País a vencer a crise será preciso manter a desoneração dos produtos de construção, que beneficia principalmente a população de baixa renda.

Newsletter Casa da Notícia - Clientes

Read Full Post »

O calendário da Notícia

1987 – Abre as portas, e ajuda a divulgar o conceito de automação bancária e de informática, com a conta da Digirede Informática;

1988 – Para a Tec Toy Brinquedos Eletrônicos, ajuda a difundir, na mídia, conceito de games eletrônicos;

1989 – Dillard’s;

1990 – Jornal Boca Livre para o Bob’s;

1991 – Conquista a conta da General Motors do Brasil, cliente por 18 anos;

1992 – Apas; Simpi;

1993 – Estrela; Playtronic;

1994 – Gradiente; Lojas Americanas; IEDI; Shoppings West Plaza, Paulista e Plaza Sul; 3M do Brasil e EDS;

1995 – UB Networks; Unisa;

1996 – Goodyear do Brasil; Gemini; Eaton Trucks;

1997 – Elevadores Atlas;

1998 – Novartis; Allison Transmition; Festo Automação; Microsiga (um grande sucesso de comunicação, cliente até 2005);

1999 – Zhone; My Web;

2000 –Mitsucon; LeadComm; Bolsa 1; QAD; PixelPark; StorageTek;

2001 – Início do trabalho com o Grupo Nordeste, hoje líder em segurança privada no Brasil; trabalho voluntário para o CVV – Centro de Valorização da Vida; Assespro; Cuno Latina; RSA Security; Citizen; Uninove; Unimed do Brasil, Central Nacional Unimed, Unimed Seguros;

2002 – Align Technology; Toshiba Medical; Exxel; Netsafe; ABAD; UniCad;

2003 – Indiana Seguros; ABAS;

2004 – Passa a trabalhar com o conceito de reputação como um conjunto de percepções positivas ou negativas; parceria com o consultor Francisco Viana; Recado Expresso; Trends; Controle; Permute; Franquality; Aon;

2005 – Começa a reestruturação da Casa, que encerrou serviço de clipping digital diário; Old Way Expedition, expedição automotiva que partiu do Norte do Brasil, passando pela América do Sul, Central, e chegando ao Museu da GM em Detroit, Estados Unidos; Cootraesp; Officenet; Bionnovation; CMSW Telecom; Guarde Aqui;

2006 – Passa a atender Banco GMAC; WebMotors; Aladdin; Garantech; parceria com a Supera Comunicação; Chevrolet Flexpedition, que percorreu de carro o Brasil desde o extremo Sul (Chuí) até o extremo Norte (Oiapoque);

2007 – Ano do relacionamento (com o cliente, com os jornalistas, com os formadores de opinião); novos clientes: Motor-Z; Telium; GetNet; Oncoclin. 20 anos de existência; tempo de revolução.

2008 – Ano da maioridade, de maior responsabilidade com a comunicação, com o cliente, com o planeta. Job de lançamento do game futurista Wii Fit, para a Nintendo, e acompanhamento de Oito jornalistas a Convenção da empresa no Panamá. Lançamento do 7º Construbusiness para a Fiesp e o retorno da Uninove, maior Universidade privada do Estado de São Paulo.

2009 – Trabalho de divulgação da pesquisa anual do Grupo Germinal, apontando os carros preferidos pelos mecânicos e a chegada de um job internacional para a GE Consumer & Industrial do Brasil, por intermédio da agência Developmente Communication Consultants, dos Estados Unidos. Também passa a ser cliente o Sinprocim, Sindicato da Indústria de Produtos de Cimento do Estado de São Paulo, da FIESP.

evolucao_escrita

Read Full Post »

Cartaxi lança TXTV

                                                                2/9/2009

Cartaxi lança mídia TXTV para táxis em São Paulo

 

Frota com 100 carros do Aeroporto de Congonhas

já está equipada com os monitores de TV

 

Um novo tipo de mídia, com conteúdo e informação, já está rodando nos táxis de São Paulo, aproveitando o tempo livre dos passageiros, nos deslocamentos pela cidade, oferecendo distração e atualização, num monitor de TV.

 A Cartaxi, empresa brasileira especializada em mídia em táxis, acaba de lançar a TXTV, ou Táxi TV, novo produto para apresentação de conteúdo editorial e publicitário. Uma frota de 100 táxis VIP do Aeroporto de Congonhas já está circulando com a novidade, segundo explica o diretor da empresa, Márcio Minchillo:

“Com a proposta de tornar a viagem do passageiro mais interessante, a TXTV foi criada a partir de um minucioso estudo do mercado internacional de mídia e, também, das novas tecnologias disponíveis. O encosto de cabeça do banco dos carros foi equipado com um monitor de sete polegadas, que é acionado automaticamente quando o taxista liga o taxímetro de seu veículo”, disse Minchillo.

A novidade tem programas exclusivos, atualizados mensalmente por jornalistas de empresas parceiras, e duração de 48 minutos, que é o tempo médio de uma corrida. A TXTV apresenta mais de 20 temas de conteúdo editorial intercalados por comerciais.

O novo tipo de mídia foi criado estrategicamente para levar os anúncios para dentro dos táxis, evitando a poluição visual, em conformidade com a lei Cidade Limpa. 

Público selecionado

Cada táxi realiza cerca de 390 corridas por mês, considerando que a média é de 1,93 passageiro por corrida, o resultado são 748 pessoas assistindo à programação da TXTV em um único táxi durante o mês. Outro diferencial desta mídia é que o público dos táxis do aeroporto é extremamente seleto. São, em sua maioria, residentes no País que buscam conforto, praticidade e rapidez no transporte após a viagem aérea.

Os formatos disponíveis para o anunciante são vídeos de 5”, 10”, 15”, 20”, 30” e 60”; inserção de quatro em quatro ou de oito em oito minutos; patrocínio de conteúdos editoriais; programa exclusivo; e, flexibilidade de novos formatos.

A Cartaxi oferece, ainda, a possibilidade de combinação do produto com suas outras mídias dentro dos táxis, como o anúncio Premium ou o encosto de cabeça, o take-one e o recibo da corrida. Também permite a contratação para eventos e frotas de outras cidades.

 marcio_cartaxi

Márcio Minchillo, diretor da Cartaxi diz que “a nova mídia ajuda

a distrair o passageiro no trânsito da cidade”

 

Perfil TXTV

A TXTV é a mais nova mídia da Cartaxi. Uma televisão com conteúdo exclusivo que proporciona ao passageiro uma viagem muito mais interessante. O táxi é equipado com um monitor de sete polegadas acionado automaticamente quando o taxista liga o taxímetro do carro. Os programas são atualizados na primeira semana de cada mês e o anunciante tem opções em vários formatos.

 motorista_taxi

O motorista José Roberto de Souza diz que “o valor que recebo

pelos anúncios em meu táxi paga uma semana de almoço”

 

Perfil Cartaxi

A Cartaxi é uma empresa brasileira especializada em mídia em táxis. Desde 1990 pesquisa e desenvolve novos produtos para anúncio em táxi. Tem, hoje, mais de 10 produtos como painel luminoso, película perfurada para o vidro traseiro, envelopamento, displays tipo take-one. Além disso, oferece um serviço completo com relatório fotográfico contendo foto de cada carro contratado e dados cadastrais do taxista. Dispõe do taxi-map com a localização exata dos pontos de táxi de cada campanha. E, atua em mais de cem cidades brasileiras mantendo convênios com empresas de mídia em táxis em diversos países.

A Cartaxi foi inspirada nos filmes americanos em que os táxis sempre aparecem com algum tipo de publicidade.

 

Contatos para a imprensa:

Casa da Notícia Comunicação

Fone: (11) 2503-7611/5536-9086

Vanessa Xavier (vanessa@casadanoticia.com.br)

Contato na Cartaxi

Márcio Minchillo, sócio-diretor (11) 2196-1900

Read Full Post »