Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘imprensa’ Category

O portal WebMotors e o Santander realizaram ontem (18), na parte da manhã um encontro com jornalistas especializados em motocicletas, para ampliar o relacionamento com estes formadores de opinião, mostrar alguns números do mercado de motos, bater um papo e falar sobre um assunto apaixonante: o mundo das duas rodas.

Os dados do portal foram apresentados por Gustavo Rocha, gerente comercial, que mostrou um histórico do WebMotors, dados sobre as motos mais procuradas e anunciadas pelo portal WebMotors, entre outras informações oferecidas ao internauta.

Estiveram presentes Aldo Tizzani e Arthur Caldeira, da Agência InfoMoto; Márcio Viana, do Moto.com.br; André Luís Ramos Lira, editor da revista MotoAction; Sérgio Dias, do Jornal Alpha Autos; e, João Tadeu Boccoli, do site Motonauta. Também participaram Dariela Assumpção, da área de relações com a imprensa do Banco Santander, João Mancuso, do Marketing de Relacionamento do WebMotors, Rodrigo Samy do editorial do portal; Nereu Leme, Marcos Camargo Jr. e Débora Ribeiro, da Casa da Notícia, assessoria de imprensa do WebMotors.

Anúncios

Read Full Post »

A assessoria de imprensa como formadora de opinião

 por Joice Guimarães

Atualmente, a atividade de assessoria de imprensa configura-se como um dos meios mais importantes para se pautar a mídia. Seus resultados são diariamente lidos, ouvidos e assistidos por toda a sociedade e é perceptível o vinculo que a imprensa já criou com este segmento da comunicação.

Antigamente, apenas empresas de grande porte e multinacionais reconheciam a capacidade estratégica que as assessorias de imprensa exercem na comunicação externa. Entretanto, com o aumento e segmentação das notícias, empresas de todos os tamanhos e setores começaram a enxergar a assessoria de imprensa como ferramenta indispensável para difusão e consolidação da sua marca na sociedade e setor de atuação.

Dado o número de empresas que hoje centralizam a divulgação e repercussão de informações estratégicas, institucionais e de produtos nas ações de assessorias de imprensa, fica praticamente impossível a difusão de notícias sem a atuação do assessor. Ele contribui diretamente para a atualização das informações na mídia, priorizando a propagação e detalhamento do assunto. O assessor de imprensa tem a percepção de construir uma ponte entre assuntos úteis ao público e de interesse do cliente assessorado, tudo sob a ótica jornalística.

Em tempos de web 2.0, a necessidade de trabalhar a imagem do cliente assessorado por meio de um jornalismo bem feito tornou-se ainda mais presente. Nenhum veículo pretende apenas publicar a notícia, adaptada de um press release, uma vez que todos os meios de comunicação daquele segmento receberam a mesma mensagem. Portanto, é indiscutível a necessidade do jornalista ir além do press release e construir uma narrativa analítica e diferenciada sobre o tema. Vale também, cada vez mais, a ideia de planejar a exposição do cliente em outros meios de comunicação, dando aos sites e comunidades virtuais a mesma importância creditada historicamente aos jornais impressos.

Por outro lado, o assessor deve estar sempre à frente das possíveis solicitações e questionamentos da imprensa. É preciso enxergar sob as duas perceptivas, a fim de preservar e consolidar a marca do cliente e estreitar o relacionamento com os colegas do “outro lado do balcão”. O profissional de assessoria de imprensa, que muitas vezes também é jornalista, precisa considerar as diferentes linhas editorias dos veículos, seus interesses, o perfil do leitor, entre outras características.

Deste modo, quanto mais objetividade e confiabilidade na informação e no relacionamento entre a assessoria de imprensa e a mídia, maior será o interesse em divulgar o assunto sugerido. A responsabilidade de administrar e repercutir a informação nos meios de comunicação faz da assessoria de imprensa uma fonte legítima de conteúdo do cliente assessorado.

O processo de relacionamento com a mídia, como o envio de sugestões de pauta, é fundamental no dia a dia das redações, pois são ideias e informações sobre a realidade do cliente assessorado e que de alguma forma irá abranger a sociedade. Portanto, a atividade de assessoria de imprensa influencia diretamente na geração de notícias, consequentemente, na formação da opinião pública.

Read Full Post »

por Marcos Camargo Jr.

Na noite de 25 de maio de 2010, o jornalista e empresário J.Hawilla foi homenageado com o prêmio Personalidade da Comunicação, no Centro de Convenções Rebouças diante de mais de 300 profissionais de comunicação entre assessores de imprensa, empresários, relações públicas e jornalistas. O evento organizado pela empresa Mega Brasil foi prestigiado pelo prefeito Gilberto Kassab, o governador em exercício Alberto Goldman e do pré-candidato a presidência da República, José Serra. Nereu Leme e Marcos Camargo Jr estiveram presentes na premiação, representando a Casa da Notícia.

O evento foi aberto pela Banda da Polícia do Exército que tocou clássicos de Glenn Miller, Frank Sinatra e Milton Nascimento. Na abertura, a diretora de Relações Institucionais do Grupo Telefônica falou sobre a importância do trabalho de comunicação: “É uma peça-chave para todas as empresas que desejam construir relações de confiança com seus consumidores, e deve ser exercida com total transparência com o uso das muitas ferramentas disponíveis nos dias de hoje como a assessoria de imprensa e as redes sociais”, destacou.

Goldman destacou que a comunicação contribui com o crescimento do país e deve estar arraigada na juventude: “A imprensa comunica ideais de vanguarda, de modernidade, o que traz desenvolvimento ao povo brasileiro”, disse o governador.

O jornalista J.Hawilla foi o grande homenageado da noite. Ao receber o prêmio das mãos do governador Alberto Goldman, Hawilla fez um discurso emocionado onde lembrou os primeiros tempos de repórter de campo e quando começou seu trabalho como empresário da comunicação. Um dos pontos altos foi quando defendeu a liberdade de imprensa, e foi interrompido pelos aplausos do público presente: “Não se pode permitir que um governo, entidades ou militantes tentem barrar a liberdade de imprensa, nos apunhalando pelas costas”, defendeu.

Gilberto Kassab elogiou o trabalho da mídia que classificou como correta, e a atuação exemplar de Hawilla no trabalho como comunicador e empresário. De improviso, o prefeito de São Paulo disse que o empreendedorismo é uma prova de que é possível vencer e se destacar no mercado, com inovação e muito empenho.

J. Hawilla

O jornalista J.Hawilla começou seu trabalho como repórter de campo na década de 1960. Passou por empresas como Globo, Bandeirantes e Record, até que no final dos anos 1970 comprou a Traffic, empresa de marketing esportivo. Observando o potencial desse segmento de mercado, Hawilla profissionalizou a publicidade nas placas dos campos de futebol. Natural de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, comprou a TV Tem, afiliada da Rede Globo que transmite sua programação para 318 cidades no interior paulista. Na década de 1990, fundou a Rede Bom Dia de jornais impressos que circulam no interior e na capital paulista. Suas empresas de comunicação empregam mais de 1.000 funcionários, sendo 200 jornalistas que trabalham na TV Tem, Rede Bom Dia, a produtora de vídeo TV7 e Taffic Marketing Esportivo.

Alberto Goldman entrega a J. Hawilla o prêmio Personalidade da Comunicação

 

Evento da Mega Brasil - Personalidade da Comunicação

Banda da Polícia do Exército no evento Personalidade da Comunicação

Read Full Post »

Na última sexta feira, 16 de abril, o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, visitou o estande das empresas Weber Quartzolit, Zeppini clientes da Casa da Notícia, para conhecer seus produtos e soluções para a construção civil durante a FEICON BATIMAT, maior feira do setor na América Latina.

Na Weber Quartzolit, Mantega foi recebido por Eduardo Eleutério, gerente Comercial e conheceu novos produtos como a Argamassa Espessura Fina, mais econômica e eficiente, além de produtos para aplicação em dry wall, entre outros lançamentos.

Na Zeppini, Guido Mantega foi recebido por Solange Zeppini Fernandez, gerente de Marketing e Amilcar Hordonez de Andrade, gerente de Desenvolvimento de Negócios.

Durante a visita, o Ministro estava acompanhado por representantes de sindicatos e entidades da categoria como Claudio Conz, presidente da Anamaco (Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção) e Roberto Petrini, presidente executivo do Sinaprocim/Sinprocim (Sindicato da Empresas de Produtos de Cimento), também cliente da Casa da Notícia. Durante a visita ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, Mantega visitou alguns expositores como Gerdau, Brasilit, Weber Quartzolit, Pado e Votorantim.

Após as visitas, o Ministro concedeu uma entrevista coletiva para os jornalistas que o acompanhavam no Pavilhão e elogiou a iniciativa de empresas brasileiras que mostraram soluções em sustentabilidade, para tornar o crescimento do setor da construção mais eficiente com respeito ao meio ambiente.

Read Full Post »

Clique e assista a divertida entrevista do responsável pela voz  do personagem mais conhecido no mundo dos games.

O simpático encanador da Nintendo, o Mario Bros.

Case de sucesso – Casa da Notícia

Read Full Post »

O evento teve a participação de oito mil pessoas, a maioria adolescentes entre 12 e 18 anos. No total, Mark e Charles deram entrevistas para 31 veículos em dois dias, uma boa maratona. Legal é que o executivo americano adora falar em números, tem sempre um dado interessante para dar, e são bem preparados para transmitir uma mensagem. Sabem falar de forma fácil para um veículo como MTV ou o difícil “economês” para Valor Econômico. Certa hora o Mark me perguntou que jornal era o Diário de S.Paulo: eu falei sobre a linha editorial, linguagem voltada para a classe C-D e apelo mais popular e dito e feito. A entrevista teve tom informal e manteve o repórter interessado em todos os assuntos que ele falava. Também fiz o mesmo com UOL, revista Superinteressante, Rolling Stone, Folha de S.Paulo entre outros.

Teve ainda o momento celebridade porque o Charles Martinet não podia sequer circular pela feira ou andar no shopping Frei Caneca que era assediado. Para se ter idéia: na hora de almoçar tivemos que comprar algo para ele comer em uma sala reservada, em cinco minutos. Ele deu autógrafos para seus fãs nos dois dias entre as 11h e as 19h30 sem interrupções, a não ser para dar entrevistas. Alguns aficionados pelo personagem vieram de longe como Araraquara, no interior de São Paulo e até Curitiba e Brasília.

 Na TV, Charles Martinet virou destaque nos canais ESPN, Cultura, Record e Rede Globo, nos telejornais SPTV e Jornal da Globo, onde foi entrevistado pelo repórter Alan Severiano. A matéria integrou a coluna Conecte, transmitida na noite de quinta-feira, 1º de Abril.

No final da noite (que acabou às 2h da manhã), a Nintendo ganhou 3 prêmios: Empresa do Ano, New Super Mario Bros como jogo do ano e Zelda, como um dos jogos mais interessantes lançados em 2009.

O jornalista Marcos Camargo Jr., que acompanhou a maratona de Charles Martinet e Mark Wentley durante três dias, conta de forma resumida a experiência: “todas as entrevistas já estavam marcadas, e fiquei impressionado com a disposição e o preparo dos porta-vozes. Além disso havia todo o trabalho de divulgação do evento, a preocupação com a agenda dos executivos que incluiu um roteiro gastronômico pela cidade, e algumas reuniões sobre os próximos lançamentos da Nintendo e eventos dos quais irá participar como a E3, maior feira de entretenimento do mundo que será realizada em junho, em Los Angeles”.

 

Dublador do Mario Bros - Charles Martinet, clique e LEIA!

Read Full Post »

Por Carlos Thompson

Pelé e Armando Nogueira

Não existe ofício mais delicioso do que escrever. Não há esporte mais humano e metafísico – a um só tempo – do que o futebol. Quando os deuses do jornalismo e do futebol se unem, temos jogadores como Pelé e Garrincha. E artífices da prosa poética como Armando Nogueira. Quem acreditaria que, algum dia, o Brasil tivesse vários telejornais, com maior ou menor profissionalismo e amplitude? Muito menos que tal modelo de jornalismo evoluísse ao longo de uma ditadura militar. Ele fez o Jornal Nacional, com seus erros e acertos, e apontou o caminho aos demais. Armando Nogueira esgrimia as palavras com blandícia, elegância e nobreza. Gostava do Botafogo, mas admirava, acima de tudo, o futebol bem jogado, as ousadias dos gênios da bola, ludopedicamente falando. Frasista invulgar, marcou o jornalismo brasileiro com sua paixão pela notícia, sem abrir mão do gosto pela vida. Ao acompanhar os comentários de colegas, amigos e fãs do jornalista falecido nesta segunda-feira, 29 de março de 2010, aos 83 anos, lembrei-me da sentença de Confúcio: “Quando nasceste, todos riam, só tu choravas. Vive de tal modo que, quando morreres, todos chorem, só tu sorrias”. Que, devido a sua elegância em vida, seja permitido a Armando, em algum recanto espiritual, ver os jogos da Copa de 2010. É o mínimo que ele merece.

Read Full Post »

Older Posts »